<h2>Praias & Trilhas</h2>

AS PRAIAS



• Praia de Itaipuaçu

Praia oceânica, com extensão de 15 Km e largura entre 20 e 30m, com suas águas transparentes e esverdeadas, cuja temperatura varia entre fria e morna e areias claras. Circundada pela Pedra do Elefante, Serra da Tiririca, Pedra de Itacoatiara. Pesca de linha e prória para o banho.


• Praia de Itacoatiara

Situada entre montanhas com aproximadamente 1Km de extensão tem grandes e fortes correntezas. Os quiosques da praia têm música ao vivo nos domingos. É muito popular entre os jovens e os surfistas. No lado direito uma praia menor e mais tranqüila é muito adequada para famílias com crianças


• Praia de Itaipu

Situada em frente a um pequeno povoado de pescadores tem aproximadamente 1Km de extensão. Águas muito tranqüilas a tornam perfeita para a natação, mergulho com snorkel e assim visualizar as tartarugas marinhas. Uma grande variedade de pequenos restaurantes servem peixes típicos nas mesas na praia com um fabuloso pôr-do-sol com o Rio de Janeiro ao fundo. Nos finais de semana por causa do fácil acesso fica lotada. Possibilidade para passeios de barco e mergulhar.


• Praia de Camboinhas

Situada em frente a luxuosas residências tem aproximadamente 3Km de extensão. Muito urbanizado e com um elegante boulevard. Uma grande variedade de quiosques com música e mesas na praia. Geralmente um pouco mais expansivo.


• Praia de Sossego

Localizada entre Piratininga e Camboinhas é de pequena extensão e bastante freqüentada pelos que vem pelo mar em lanchas e iates, pois seu difícil acesso, através de uma trilha, não é muito conhecido. É um dos mais belos recantos da cidade.


• Praia de Piratininga

Praia de mar aberto com aproximadamente 5Km de extensão. Ondas médias. Bastante urbanizada com muitos quiosques e a existência de um toboágua permite excitantes descidas.

TRILHAS E ESCALADAS



• Parque da Cidade

Local elevado perto da cidade de Niterói situado a 12Km da pousada. Oferece ampla vista da cidade de Niterói, Rio de Janeiro, baia de Guanabara, Pão de Açúcar, Cristo Redentor e ponte Rio-Niterói. Possibilidade de vôo livre e asa-delta.


• Morro das Andorinhas

Morro das Andorinhas, em Niterói (RJ), está localizado entre os bairros de Itaipu e Itacoatiara. Com vizinhos muito famosos (os morros do Costão e Mourão são referência para os amantes de trilhas), esta imponente rocha acaba ficando um tanto esquecida e pouca gente conhece seus caminhos e suas múltiplas paisagens. O morro tem 2,6 Km de extensão e ganhou esse nome em função de uma gruta localizada no seu topo, onde os pássaros homônimos fazem seus ninhos.

A trilha mais conhecida, que começa em Itaipu, é bastante fácil de ser percorrida. Se formos caminhando sem pressa, chegamos ao platô em 20 minutos de subida. Lá do alto a visão é privilegiada: do lado esquerdo podemos ver toda a praia de Itacoatiara, a serra da Tiririca e os já citados morros do Costão e do Mourão. Do lado direito temos a praia e lagoa de Itaipu, Camboinhas e quase toda Região Oceânica de Niterói, além da orla da Zona Sul do Rio.


• Morro do Elefante

O acesso é uma trilha ecológica com aproximadamente 2Km de grande beleza. É um dos pontos mais altos da região (400m). No topo a vista de 360 graus, mostra as praias de Itaipuaçú, Maricá, Camboinhas e Itacoatiara. Ao longe vemos também a cidade do Rio de Janeiro. A caminhada até o topo leva entre 90 e 120 minutos.


• Morro do Costão

A trilha para o Costão e para o Bananal começa num terreno ao lado do Clube dos Engenheiros, em Itacoatiara, e tem uma placa alusiva ao Parque Estadual da Serra da Tiririca. Sobe-se beirando um muro e logo começa um curto ziguezague, que dura uns 20 minutos, até um pequeno platô onde a trilha se divide em três.


Para a esquerda, sobe-se o Morro do Elefante, mas esta trilha deve ser evitada, uma vez que ela é, na verdade, o leito de um rio temporário que se forma com as águas da chuva e está muito degradada! Seguindo-se em frente, começamos a descer e, em uns 15 minutos, chegamos ao Bananal. À direita, após atravessar um curtíssimo trecho de mata, damos de cara com uma enorme rampa de pedra. É o Costão. Mais meia hora de caminhada íngreme e chega-se ao seu cume.



O Parque Estadual da Serra da Tiririca é formada por os seguintes 8 morros principais:


• Morro do Elefante, 421 metros (o ponto mais alto da Serra)

• Alto Mourão, 269 metros

• Costão de Itacoatiara, 217 metro

• Morro do Telegrafo, 357 metros

• Morro do Catumbi, 325 metros

• Morro do Cordovil, 202 metros

• Morro da Penha, 128 metros

• Morro da Serrinha, 217 metros